Quem sou eu

Minha foto
Faço meus trabalhos com muito carinho e dedicação pois é meu sonho se realizando amo o que faço Posso não ser a melhor, mas concerteza faço a diferença!!! Sou muito para uns, pouco para outros , mas o suficiente para mim mesma

face do meu pequeno principe hoje com 13 anos

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

PARTO NORMAL


  • Parto normal




                            O parto normal tem mais benefícios do que a cesariana
                                                

O parto normal é o desfecho natural de uma gravidez, pois é um tipo de parto cuja recuperação é mais rápida e que não requer procedimentos invasivos.

Toda mulher quando fica grávida espera ansiosa a chegada do bebê, mas uma das dúvidas que muitas mulheres têm é: “Fazer parto normal ou cesariana?”.
parto normal tem muitas vantagens sobre a cesariana, pois o corpo da mulher foi preparado para isso, portanto a recuperação é mais rápida e as chances de surgirem hematomas e infecções na mãe e no bebê são muito menores, pois o parto normal é o término natural de uma gravidez. “O ideal é que o bebê escolha o dia em que quer nascer”, diz o obstetra Luiz Fernando Leite, das maternidades Santa Joana e Pro Matre, em São Paulo.
Por vezes podem ocorrer algumas complicações que colocam em risco a vida da mãe e do bebê, por isso muitas vezes a cesariana é a saída, “Mas quando a cirurgia é agendada com muita antecedência, corre-se o risco de a criança nascer prematura, mais magra e com os músculos ainda não completamente desenvolvidos”,afirma Leite. Há alguns fatores que podem fazer o médico optar por uma cesariana, como é o caso de hipertensão, pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, insuficiência placentária, problemas do coração e do rim, entre outros.
Quando a mãe começa a sentir algumas contrações não dolorosas, mas frequentes, é sinal de que o bebê já está querendo vir ao mundo e já é hora de ir para o hospital. No hospital serão feitos alguns procedimentos de rotina e o médico obstetra irá avaliar a dilatação do colo do útero e a posição do bebê. Se o colo do útero estiver dilatado e a criança estiver em posição cefálica (de cabeça para baixo), o parto normal poderá acontecer. Em algumas mulheres a dilatação do colo do útero deve ser induzida. Para isso, usa-se o hormônio sintético ocitocina, que é produzido naturalmente pela gestante durante o trabalho de parto.
Quando as contrações começam com um ritmo constante e regular, inicia-se o trabalho de parto. Muitos médicos, para aliviarem a dor das mamães, recorrem a uma anestesia que associa a anestesia raquidiana usada na cesárea com a anestesia peridural. “A paciente não sofre, mas também não perde totalmente a sensibilidade na região pélvica”, afirma a anestesista Wanda Carneiro, diretora clínica do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo. Sendo assim, a mãe consegue fazer a força necessária para impulsionar a criança para fora.
Quando o bebê passa pelo canal vaginal, ele tem todo o seu corpinho comprimido, inclusive o seu tórax, mas não pense que isso é ruim para o bebê, pelo contrário: “Isso garante que o líquido amniótico de dentro dos seus pulmões seja expelido pela boca, facilitando o primeiro suspiro da criança na hora em que nasce”, explica Rosangela Garbers, neonatalogista do Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. 
Outro fato que ocorre durante o parto normal é o estresse que o bebê sente ao sofrer as contrações. Ao passar por esse estresse, o organismo do bebê irá liberar o hormônio cortisol. No organismo infantil a liberação desse hormônio faz com que seus pulmões funcionem muito bem, podendo até evitar futuras pneumonias. Após a saída do bebê, o útero irá se contrair mais uma vez para expulsar a placenta.
Durante o trabalho de parto, o médico pode optar por fazer uma pequena incisão no períneo (região entre a vagina e o ânus), chamada de episiotomia. Essa incisão é feita quando o espaço é pequeno e não dá para a criança passar. Após o parto, o corte é suturado e cicatriza em poucos dias.
Quando em trabalho de parto, o organismo da mamãe já está produzindo ocitocina e prolactina, hormônios naturais que aceleram a descida do leite, portanto, assim que vem ao mundo o bebê já pode ser amamentado pela mãe. Após 48 horas do parto normal, mamãe e bebê já podem ir para casa.
                                         
                                                        video parto normal

0 comentários:

Postar um comentário

obrigada por visitarem meu bloguinho se gostarem não me deixem sem recadinho beijos

ORAÇÃO PARA OS FILHOS(A) !!!



Meu filho, tu és filho de Deus

Tu és capaz,

Tu és forte,

Tu és inteligente,

Tu és bondoso,

Tu consegues tudo,

Pois a vida de Deus esta dentro de ti,


Meu filho,

Eu te vejo com os olhos de Deus,

Eu te amo com o amor de Deus,

Eu te abençôo com a bênção de Deus

Obrigada, obrigada, obrigada


Obrigada, filho,

Tu és a luz da nossa vida

Tu és a alegria do nosso lar,

Tu és uma grande dádiva

Que recebemos de Deus


Tu serás um grande homen!

Tu terás um futuro brilhante!

Tu serás um futuro dirigente do Brasil!

Pois nasceste abençoado por Deus

E esta crescendo abençoado por nós


Obrigado, filho,

Obrigado, obrigado, obrigado!!!

Follow by Email

Postagens populares